Este evento já decorreu.

Post-Drumming

O Morto / Vitor Joaquim
© Pedro Sardinha.

Ao desafio e encomenda dos Drumming GP, Joana Gama e Luís Fernandes responderam com uma partitura de texturas, entre o mundo amplificado e o acústico, levando o quinteto a unir os vértices de um triângulo de electrónica, piano e instrumentos de percussão. Quisemos entrar no jogo e prolongar o desafio entregando unicamente os sons de percussão, interpretados por Miquel Bernat, João Dias e João Braga Simões dos Drumming, a dois músicos que utilizam o computador e a electrónica como ferramentas de trabalho electroacústico. Adicionámos uma regra: o resultado final também teria de conter apenas os sons retirados das pistas dos instrumentos de percussão usados para o disco “Textures & Lines”, editado no início de 2020 pela Holuzam. Com uma imensa e rica matéria sonora a servirem de fonte, foi natural perceber que tanto Vitor Joaquim como O Morto usariam aproximações distintas: o primeiro recolheu os sons da marimba, do vibrafone, do glockenspiel, entre outras percussões ocasionais; o segundo focou-se inteiramente na manipulação da marimba. Raízes e processos diferentes acabaram, obviamente, por nos dar música muito diferente: “Lines & Lines & Lines” de Vitor Joaquim cria um vasto panorama ambiental, cheio de emoções granulares, enquanto que “A Rainbow of Sand” convoca uma dança digital tribal, cerimonial e hipnótica. 
 

O MORTO
Músico e artista sonoro de Lisboa, Mestre André tem desenvolvido um grande leque de actividades musicais, entre field-recordist, compositor e sonoplastia para filme, dança, performance, teatro ou video-jogos. Na música electrónica improvisada usa o nome Alacrau, produzindo beats é Notwan e em função electroacústica para sistemas multi-canal chama-se O Morto. Pertence ainda às bandas Alförjs, Jibóia e Banha da Cobra. www.mestreandre.net

VITOR JOAQUIM
Compositor, artista media e improvisador electrónico, Vitor Joaquim formou-se em cinema nas áreas de som e realização, e é doutorado em Ciência e Tecnologia das Artes, na área de Computer Music. Compõe para dança, teatro, instalações artísticas e multimédia, com produção em Portugal, França, Espanha, Bélgica e Alemanha. Tem 16 álbuns editados e cerca de duas dezenas de colaborações em compilações e remisturas. Ao longo dos últimos 20 anos programou e assessorou diversos festivais e actividades de curadoria. Desde 1990 também está ligado ao ensino e investigação universitária. www.vitorjoaquim.pt

17 NOV 2020
TER 21:00

Streaming
Evento exclusivo no Facebook
e Youtube da Culturgest

O Morto
"A Rainbow of Sand”
+
Vitor Joaquim
“Lines & Lines & Lines”

ELETRÓNICA

Vitor Joaquim

ELETRÓNICA

O Morto

Oiçam POST-DRUMMING
Oiçam POST-DRUMMING
Partilhar Facebook / Twitter