Este evento já decorreu.

JOÃO BARRADAS

O velho e o novo misticismo

JOÃO BARRADAS

O velho e o novo misticismo

Sabemos que a música nasce da ciência, entre ondas e frequências das leis da física, mas o seu poder mágico sobrenatural continua a deslumbrar-nos e, mais que tudo, inquietar-nos. Tem sido uma ferramenta de comunicação entre nós, mas também um canal privilegiado para dialogarmos com espíritos ou até as estrelas e planetas do universo. E quando nos faltam interlocutores, a música inventa os seus próprios mundos, com as suas próprias religiões e personagens, tratando de escrever as suas linguagens, bíblias ou dicionários, transformando magia em misticismo. A Culturgest desafiou João Barradas a recolher alguns momentos desse mundo místico, trazidos da tradição europeia da música clássica para a destreza da improvisação contemporânea: de Arvo Pärt e o seu minimalismo sagrado à luz espiritual medieval de Hildgard von Bingen, passando pelo tributo à teosofia de Alexander Scriabin. No final, escutaremos Choral, do próprio João Barradas, onde a voz, como prática corporal privilegiada de misticismo, ganha uma multidão de formas, incluindo a sua. Contudo, é do acordeão, acústico e sintetizado, que sairá sempre a mais intensa das suas vozes, onde o ar se multiplica em mil gargantas, como prova maior da magia do seu instrumento, música e arte.

J. S. Bach - Passacaglia and Fugue in C minor - BWV 582 | João Barradas

03 JUL 2021
SÁB 19:00

Comprar Bilhetes
Átrio central CGD

Preço único 7€
M/6

Biografia

João Barradas é um dos mais conceituados e reconhecidos acordeonistas europeus, movendo-se, simultaneamente, entre a música Clássica, o Jazz e a música improvisada.

Venceu alguns dos mais prestigiados concursos internacionais, dos quais se destacam, entre outros, o Troféu Mundial de Acordeão, que vence por duas vezes, o Coupe Mondale de Acordeão, o Concurso Internacional de Castelfidardo e o Okud Istra International Competition.

João Barradas é uma das figuras de maior destaque no acordeão Jazz, tendo gravado para a editora nova-iorquina Inner Circle Music e colaborado com diversos músicos de renome, nomeadamente com Greg Osby, Gil Goldstein, Fabrizio Cassol, Mark Colenburg, Jacob Sacks, Rufus Reid, Federico Malaman, Philip Harper, Bobby Sanabria, Tommy Campbell, Sérgio Carolino, Pedro Carneiro, entre muitos outros.

Em 2016 grava, com a editora nova iorquina Inner Circle Music, o seu primeiro álbum enquanto líder. “Directions” conta com a produção de Greg Osby e com as participações de Gil Goldstein e Sara Serpa. O grupo é formado por João Barradas (acordeão), André Fernandes (Guitarra), João Paulo Esteves da Silva (Piano), André Rosinha (Contrabaixo) e Bruno Pedroso (Bateria).

Cofinanciado pelo programa Europa Criativa da União Europeia no âmbito do projeto Create to Connect, Create to Impact

Create do Connect

PROGRAMA

Arvo Pärt Fratres (1977)
para acordeão

 

Hildegard von Bingen Ave Generosa (séc. XII)
para acordeão, acordeão sintetizador e electrónica

Alexander Scriabin Prelude Op. 16 - No. 4 in E flat minor (1895)
para acordeão

 

 

João Barradas Choral (2020-2021)
para voz, acordeão, acordeão sintetizador

Partilhar Facebook / Twitter